MOGLI – O MENINO LOBO

Dia  01/05/2016  no dia do Trabalhadores o 5º Distrito, organizou uma ida ao Cinema, para assistir esse lindo filme baseado no livro “The Jungle Book originalmente” O Livro da Selva.
O Livro da Selva (The Jungle Book originalmente) é o título de um livro publicado em 1894, constituído de uma coleção de histórias do escritor inglês Rudyard Kipling, inicialmente publicadas em revistas de 1893 e 1894. As publicações originais contêm ilustrações, algumas do pai de Rudyard, John Lockwood Kipling. O livro foi escrito quando Rudyard morava em Vermont. Ele conta a história de Mogli, um rapaz indiano criado por lobos[1] . O livro é mais conhecido por ter sido adaptado em um filme animado produzido pela Walt Disney Company e lançado em 1967[2] . No Brasil, o livro foi publicado pela primeira vez em 1933 pela Companhia Editora Nacional como parte da Coleção Terramarear e foi traduzido pelo escritor Monteiro Lobato e foi intitulado O Livro da Jângal.==============

Filme Mogli: O Menino Lobo2016 ‧ Fantasia/Drama ‧ 1h 51mDirigido por Jon Favreau, baseado nas eternas histórias de Rudyard Kipling e inspirado no clássico longa de animação da Disney, Mogli – O Menino Lobo chega uma aventura épica inédita sobre Mogli, um menino criado por uma família de lobos.

Mas Mogli sente que não é mais bem-vindo na floresta quando o temido tigre Shere Khan, que carrega cicatrizes causadas por caçadores, promete eliminar o que ele considera uma ameaça. Forçado a abandonar o único lar que conhece, Mogli embarca em uma cativante jornada de autoconhecimento, guiado pela pantera e mentora Bagheera e pelo alegre urso Baloo. Pelo caminho, Mogli encontra criaturas da selva que não são exatamente bondosas, incluindo Kaa, uma cobra cuja voz sedutora e olhar penetrante hipnotizam o menino-lobo, e Rei Loiue, o nobre de fala mansa que tenta convencer Mogli a contar o segredo da ilusória flor vermelha mortal: o fogo.

Data de lançamento: 14 de abril de 2016 (Brasil)

DireçãoJon FavreauAutorRudyard Kipling

Música composta porJohn DebneyProduçãoJon FavreauBrigham Taylor